Segunda parcela do Vale-Gás poderá ser sacado em agências do Banco do Brasil

Reprodução: ACidade ON -Segunda parcela do Vale-Gás poderá ser sacado em agências do Banco do Brasil

O governo de São Paulo anunciou nesta terça-feira, 21, o início dos depósitos da segunda parcela do programa Vale-Gás, que destina R$ 100 para famílias carentes para a compra de botijão de GLP. Ao todo, mais de 400 mil famílias devem ser beneficiadas.

O valor poderá ser sacado em agências do Banco do Brasil ou da rede Banco24horas. O usuário deverá usar seu cartão do programa Bolsa do Povo para conseguir retirar o benefício.

Segundo o Palácio dos Bandeirantes, tem direito programa famílias inscritas no CadÚnico (sem direito ao Bolsa Família) e com renda mensal per capita de até R$ 178. Para saber se poderá ser inserido no programa, o cidadão deve entrar no site oficial do Vale Gás (www.valegas.sp.gov.br) e consultar a elegibilidade ao benefício. O site já está disponível e basta digitar o número do NIS (Número de Inscrição Social) para ter acesso às informações.

De acordo com levantamento feito pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), o preço médio do GLP de 13kg em São Paulo é de R$ 93. No entanto, em algumas cidades é possível encontrar o botijão à R$ 120.

Vale Gás integra o Bolsa do Povo

O Vale Gás é um dos benefícios englobados pelo Bolsa do Povo , maior programa de proteção social já anunciado pelo Governo de São Paulo. Lançado em maio deste ano, a iniciativa busca concentrar a gestão de benefícios, ações e projetos para pessoas em situação de vulnerabilidade social. Somente para 2021, estão previstos R$ 1 bilhão em recursos para o Bolsa do Povo.

Nele foram incorporados os programas Renda Cidadã, Via Rápida, Bolsa-Trabalho, Ação Jovem, Bolsa Talento Esportivo, o auxílio-moradia emergencial (Aluguel Social) e o recém-lançado Vale Gás. Também está prevista a contratação de mães e pais nas escolas, além da contratação de agentes de apoio na Saúde. O Bolsa do Povo vai pagar benefícios de até R$ 500 e poderá beneficiar até 500 mil pessoas direta e indiretamente nos 645 municípios. O portal do Bolsa do Povo, desenvolvido pela Prodesp, pode ser conferido no endereço www.bolsadopovo.sp.gov.br.

Fonte-IG